Efe
Efe

Cartazes de Obama e Putin 'bêbados' são banidos na Holanda

Retratos fazem parte de campanha com rosto de vários líderes mundiais para anunciar Dia da Rainha

Efe,

23 de abril de 2009 | 19h02

Os responsáveis pela campanha de promoção da cidade de Amsterdã decidiram retirar um cartaz no qual apareciam o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, e o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, vestindo camisetas com a frase "Beije-me, estou bêbado". A própria organização qualificou de "provocativa" a imagem, que faz parte de uma série na qual os rostos de diferentes líderes internacionais são usados para anunciar o Dia da Rainha, comemorado em 30 de abril.

 

A camisetas trazem fotos com o rosto dos políticos inserido em imagens de edições anteriores da festa, que é considerada pelos promotores "a melhor do mundo". Um dos responsáveis da campanha, Charles van Renesse, confirmou à Agência Efe que a organização decidiu manter o cartaz no qual estão o presidente francês, Nicolas Sarkozy, e o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi, usando um boá e sorrindo.

 

Van Renesse explicou que a equipe de promoção de Amsterdã recebeu, há poucos dias, uma ligação da Embaixada francesa na Holanda se queixando de que a imagem de credibilidade de Sarkozy poderia ser afetada pela montagem.

 

No entanto, os promotores não concordam com essa visão e destacam que a campanha tem objetivos puramente festeiros e brincalhões. O terceiro cartaz mostra a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, com um biquíni florido, uma peruca encaracolada laranja e ao lado de mulheres com o mesmo "traje."

 

No Dia da Rainha, as ruas holandesas se tingem de laranja, a cor da Casa Real neerlandesa, e todas as cidades, sem exceção, mas sobretudo Amsterdã, se enchem de gente e organizam atividades com espírito lúdico.

Tudo o que sabemos sobre:
ObamaPutin

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.