Centenas ignoram proibição em Paris e protestam contra ofensiva de Israel

Segundo polícia, 40 pessoas foram presas em manifestação

REUTERS

26 de julho de 2014 | 13h32

Manifestantes pró-Palestina entraram em conflito com a polícia no centro de Paris neste sábado quando centenas desafiaram uma proibição de autoridades francesas e protestaram contra a ofensiva de Israel na Faixa de Gaza.

O ministro do Interior da França, Bernard Cazeneuve, alertou os organizadores que eles seriam considerados responsáveis por quaisquer conflitos e poderiam ser processados por ignroar proibição confirmada pelo tribunal administrativo de última instância do país.

Imagens televisionadas mostraram uma minoria de manifestantes vestindo balaclavas e tradicionais keffiyeh árabes e atirando projéteis contra a tropa de choque. A polícia parisiense informou que prendeu 40 pessoas.

(Reportagem de Emmanuel Jarry, Benoit Tessier, Gonzalo Fuentes em Paris, Francois Revilla em Marseille)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAPROTESTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.