Centro-direita deve ter 121 assentos no Senado da Itália, centro-esquerda 96--projeções

A centro-direita lidera a eleição para cadeiras no Senado da Itália, segundo projeção divulgada nesta segunda-feira pela TV estatal RAI.

Reuters

25 de fevereiro de 2013 | 15h16

A centro-direita deve levar 121 assentos, contra 96 da centro-esquerda. O movimento 5 Estrelas, de Beppe Grillo, deve ficar com 65 cadeiras e o partido do atual premiê, Mario Monti, que está deixando o cargo, deve ficar com 19. A maioria do Senado italiano é conquistada com 158 assentos.

As cadeiras no Senado italiano são distribuídas por um critério regional.

(Reportagem de Steve Scherer e Philip Pullella)

Tudo o que sabemos sobre:
ITALIAELEICAOPROJECAORAI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.