Chanceler alemã reafirma compromisso no Afeganistão

Em primeira viagem ao país, Angela Merkel destaca a necessidade de aumentar forças de segurança afegãs

Efe

03 de novembro de 2007 | 15h28

A chanceler alemã, Angela Merkel, se reuniu neste sábado, 3, em Cabul com o presidente afegão, Hamid Karzai, a quem reafirmou o compromisso de seu país para reforçar a segurança no Afeganistão, onde estão posicionados cerca de 3.500 soldados alemães sob comando da Otan.  Merkel chegou  à capital afegã em uma visita surpresa, realizada ao término de sua viagem a Índia, com o objetivo de se reunir com Karzai e ver as tropas alemãs no país. Em entrevista coletiva com Karzai, a chefe do Governo alemão destacou a necessidade de aumentar a capacidade das forças de segurança afegãs para conseguir levar estabilidade ao país, no qual só este ano morreram mais de 5.200 pessoas por causa da violência. Neste sentido, insistiu em que treinar a Polícia e o Exército é uma prioridade. Karzai agradeceu o trabalho da Alemanha no Afeganistão e considerou que a situação em alguns lugares do sul do país é motivo de "séria preocupação". A visita não anunciada de Merkel é a primeira que a chanceler realiza ao Afeganistão.

Tudo o que sabemos sobre:
Chanceler alemãAfeganistão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.