Chanceler francês discute pacto nuclear com a Índia

Bernard Koucher se encontra com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh

EFE

21 de dezembro de 2007 | 05h25

O ministro de Relações Exteriores da França, Bernard Kouchner, se reunirá nesta sexta-feira, 21, com o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, para discutir a possível assinatura de um pacto bilateral de cooperação na área de energia nuclear em janeiro.   Kouchner, que chegou à Índia na quinta-feira, já conversou com seu colega indiano, Pranab Mujerjee, sobre assuntos de segurança nuclear e um contrato para a aquisição de helicópteros que foi cancelado pela Índia.   Segundo a agência indiana Ians, que citou uma fonte oficial, Kouchner disse que a França vai esperar até que a Índia feche um acordo civil com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), para depois considerar um convênio bilateral.   A França é um dos líderes mundiais em tecnologia nuclear civil, e cobre 83% de suas necessidades energéticas com usinas nucleares. Kouchner e Mujerjee também discutiram a anulação de um acordo de contratação de 197 helicópteros Eurocopter para o Exército indiano, por um valor estimado de US$ 550 milhões.   O ministro francês pediu que a Índia reveja a decisão de anular o acordo, anunciada no dia 6 de dezembro, devido a deficiências no processo de avaliação dos helicópteros.

Tudo o que sabemos sobre:
Pacto nuclear

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.