Olivier Hoslet/Efe
Olivier Hoslet/Efe

Chefe da diplomacia da UE defende bloco mais 'crível'

Catherine Ashton defende que os europeus 'atuem contra os problemas do nosso tempo'

Efe,

11 de janeiro de 2010 | 12h58

A alta representante para Política e Segurança Comum da União Europeia (UE), Catherine Ashton, disse nesta segunda-feira, 11, que, entre seus principais objetivos, está o de conseguir um bloco "mais crível" e que a voz deste grupo seja ouvida no mundo.

 

Na abertura de sua audiência perante o Parlamento Europeu como membro da nova Comissão Europeia (órgão executivo da UE), Ashton insistiu na necessidade de reforçar o papel europeu no cenário internacional, aproveitando o impulso da entrada em vigor do Tratado de Lisboa.

 

"Estou convencida de que há uma chamada clara dentro da União e no mundo todo para que haja um maior compromisso europeu para promover a paz, proteger os vulneráveis, combater a pobreza e atuar contra os problemas de nosso tempo", disse Ashton.

 

Segundo a chefe da diplomacia da UE - que deve receber o sinal verde do Parlamento Europeu como vice-presidente da nova Comissão Europeia, o bloco se encontra diante de uma "oportunidade única" nesse sentido.

 

"Temos que ser ambiciosos, nos orientar na busca de resultados e garantir que nossas palavras sejam apoiadas por ações", disse aos eurodeputados.

 

O Parlamento Europeu, que pode pedir a substituição de candidatos ou sua passagem para outras competências, deve aprovar ou rejeitar, em 26 de janeiro, o conjunto dos candidatos a membros da Comissão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.