Chefe do clã da Camorra é detido na Itália

Nicola Schiavone chefiava a máfia italiana depois da prisão de seu pai em 1998

Estadão.com.br

15 de junho de 2010 | 11h07

NÁPOLES - A polícia italiana prendeu Nicola Schiavone, o herdeiro do poderoso clã da Camorra Casalesi, após a detenção em 1998 de seu pai, Francesco Sandokan Schiavone. Ele foi encontrado em seu bunker-moradia na cidade de Casal di Principe, que é também o seu feudo. E, como ele fez na época de seu pai, não suscitou qualquer resistência, levantou os braços e parabenizou os membros da equipe que organizaram a operação, de acordo com informações divulgadas pelo jornal El País.

 

Schiavone, de 32 anos, é acusado de ordenar o assassinato por um "acerto de contas", em maio de 2009 por Francesco Buonanno, Modestino Minutolo e Giovan Battista Papa. Seu pai, Francesco, ainda é considerado o líder da Camorra, e ele tem sido até agora o seu regente. Roberto Saviano contou em seu livro "Gomorra" os meandros das atividades ilegais do clã Casalesi, que em resposta decretou uma sentença de morte contra o escritor, que vive sob escolta a anos.

 

Na vila em que Schiavone vivia cercado de todo o conforto, os agentes da anti-máfia de Nápoles não encontraram armas, apenas um detector de escutas. Porque mais do que um assalto ou ataque, o que os mafiosos fugidos da lei mais temem são as escutas. Schiavone estava desaparecido desde dezembro passado quando a Direção anti-máfia de Nápoles ordenou sua prisão.

 

"Demos um golpe no coração da organização do turbulento Casalesi", disse o questor de Caserta, Guido Longo, que coordenou a operação, "Schiavone foi um dos objetivos mais importantes. Conseguimos detê-lo graças a um intenso trabalhos de investigação". Para Longo, "a prisão de Schiavone é outra etapa importante do trabalho contra o crime organizado e o clã Casalesi".

Tudo o que sabemos sobre:
MáfiaCamorraNicola SchiavoneItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.