Cheney viajará à Geórgia para reiterar apoio dos EUA

Viagem de vice-presidente incluirá o Azerbaijão e a Ucrânia; visita estava prevista antes do conflito

Efe,

29 de agosto de 2008 | 01h47

O vice-presidente dos Estados Unidos, Dick Cheney, viajará na próxima semana a Tbilisi para reiterar o apoio de seu país à Geórgia em seu conflito com a Rússia, anunciaram nesta quinta-feira, 28, fontes oficiais. Veja também:EUA orquestraram ação da Geórgia contra Ossétia, diz PutinUE ameaça aplicar sanções contra a RússiaConflito mostra 'fraqueza' russa, dizem EUA Entenda o conflito separatista na GeórgiaCobertura completa das eleições nos EUA   John Hannah, porta-voz de segurança nacional de Cheney, assinalou que o vice-presidente partirá na próxima terça-feira em uma viagem que também incluirá Azerbaijão e Ucrânia. O porta-voz disse que, apesar de a viagem já estar prevista antes do início do conflito na Geórgia, "a visita tomou uma maior importância em razão das recentes operações militares da Rússia e de sua decisão de reconhecer unilateralmente a independência da Ossétia do Sul e da Abkházia". John Hannah afirmou que a viagem de Cheney tem como objetivo "mandar a mensagem clara e simples de que os Estados Unidos têm um profundo interesse no bem-estar e na segurança dessa região do mundo". O porta-voz insistiu em que durante a viagem à Geórgia, Azerbaijão e Ucrânia, Cheney reafirmará o "firme compromisso dos Estados Unidos" de continuar fortalecendo as relações com esses países, "não só agora, mas também no futuro". As relações entre Rússia e Estados Unidos entraram em um momento de tensões desde que a Geórgia tratou de recuperar a região separatista da Ossétia do Sul em uma operação que originou uma resposta militar russa e a invasão do território georgiano. Além disso, o governo de Moscou foi criticado duramente por americanos e europeus por ter reconhecido a independência da Ossétia do Sul e da Abkházia.

Tudo o que sabemos sobre:
EUAGeórgiaRússiaCáucaso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.