Chuvas matam ao menos 15 na França

Autoridades contabilizam 12 desaparecidos; milhares de casas estão sem energia elétrica

Efe

16 de junho de 2010 | 04h48

Carros danificados em rua de Drauguignan, sudeste da França

 

PARIS - Quinze pessoas morreram e pelo menos 12 estão desaparecidas em decorrência das inundações provocadas pelas chuvas torrenciais das últimas 24 horas no sudeste da França, informaram nesta quarta-feira, 16, autoridades francesas.  

 

As fortes chuvas, registradas deste a terça, provocaram inundações que deixaram muitas pessoas presas em veículos e em suas casas, sendo retiradas pelos bombeiros. O departamento de Vas registrou mais de 350 mm de chuva em poucas horas.

 

Mais de mil pessoas se refugiaram em escolas e outros prédios. Helocópteros realizaram aproximadamente 450 missões de resgate e o governo informou que cerca de 100 mil imóveis ficassem sem energia elétrica.

 

O aeroporto de Toulon, que havia sido fechado por conta da inundação ocorrida na pista, voltou a operar na manhã de quarta. Os serviços de trens no litoral francês devem retornar ao normal na quinta-feira.

 

Na ponte, homem observa rio transbordado

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.