Cinco morrem em explosão provocada por rebeldes na Turquia

Dois soldados e três guardas foram mortos em duas confrontos separados com rebeldes curdos no sudeste da Turquia, disseram fontes militares à Reuters neste sábado.

REUTERS

29 Maio 2010 | 16h29

A violência entre as forças armadas turcas e as guerrilhas do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) aumentou nas últimas semanas conforme temperaturas mais elevadas atingem as montanhas no sudeste da Turquia e no norte do Iraque, onde os militantes são ativos.

As fontes disseram que o conflito na província de Sirnak fechou a fronteira com o Iraque, onde milhares de separatistas do PKK estão instalados.

O PKK se levantou contra o Estado turco em 1984, com o objetivo de criar uma pátria independente no sudeste do país, predominantemente habitada por curdos.

Mais de 40 mil pessoas, principalmente curdos, já morreram no conflito.

(Texto de Alexandra Hudson)

Mais conteúdo sobre:
TURQUIA EXPLOSAO MORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.