Complexo de Sarkozy com altura vira vídeo de sucesso na web

Reportagem feita por canal francês afirma que presidente escolhe pessoas baixas para ficarem ao lado dele

Ansa,

08 de setembro de 2009 | 17h45

Um dos vídeos mais vistos atualmente na França deixa evidente o complexo que o presidente do país, Nicolas Sarkozy, tem com a sua altura, especulada em 1,65m. Na gravação, feita pelo canal francês RTBF na Bélgica, uma mulher afirma que os assessores do mandatário selecionam apenas pessoas de baixa estatura para permanecerem ao lado dele em ocasiões públicas.

 

 

A mulher foi uma das escolhidas para ficar atrás do presidente durante a visita que Sarkozy fez na quinta-feira passada à fábrica de autopeças Faurecia, na Normandia. De acordo com a RTBF, antes do mandatário chegar ao local, as funcionárias do estabelecimento foram selecionadas conforme suas alturas para permanecerem perto do presidente.

 

No vídeo, o repórter Jean-Philippe Schaller comenta com uma das mulheres que ficou sabendo que ela tinha sido escolhida por causa deste requisito. A funcionária responde: "Sim, ninguém pode ser mais alto que o presidente. É assim que funciona."

 

O jornalista também afirma que, com a reportagem, tentou demonstrar o esforço que os assessores de Sarkozy fazem para melhorar a imagem do presidente na Normandia, já que em fevereiro o mandatário recebeu comentários hostis em um ato público na região.

 

O possível complexo de altura de Sarkozy é muito especulado pela imprensa do mundo inteiro, principalmente porque sua esposa, Carla Bruni, possui quase 1,80m.

Tudo o que sabemos sobre:
Nicolas SarkozyFrança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.