Cristina Kirchner chega a Paris para se reunir com Sarkozy

Entre os assuntos tratados pelos dois governantes estão os reféns das Farc e as relações da Argentina com a UE

Efe,

06 de abril de 2008 | 06h49

A presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, chegou neste domingo, 6, à França, onde se reunirá nesta segunda-feira com seu colega francês, Nicolas Sarkozy. A presidente aterrissou no aeroporto internacional Charles de Gaulle às 5 horas (horário de Brasília) para esta visita, que terminará na segunda-feira à noite. A governante argentina, cuja comitiva inclui os ministros de Relações Exteriores, Jorge Taiana, e de Planejamento, Julio de Vido, vai passar o dia preparando suas reuniões da segunda-feira, indicaram à Agência Efe fontes diplomáticas. Além do almoço de trabalho com Sarkozy no Palácio do Eliseu, sua agenda oficial inclui um encontro com o primeiro-ministro, François Fillon, que assistiu a sua posse em dezembro, uma reunião com o diretor-geral da Unesco, Koichiro Matsuura, e a inauguração de uma praça em Paris. A inauguração da praça, que passará a se chamar Jardim das Mães e Avós da Praça de Maio, abrirá as atividades oficiais de Cristina na segunda-feira. Em seguida, ela almoçará com Sarkozy no Palácio do Eliseu e discutirá as relações da Argentina com a França e a União Européia (UE). Os dois governantes também discutirão a situação dos reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), já que Cristina se envolveu "muito pessoalmente" no assunto, indicou o Palácio do Eliseu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.