Decola o foguete com o cargueiro espacial Jules Verne

Este foi o primeiro vôo de uma nave desse modelo, que é o amis compleco já criado na Europa

Da Redação,

09 de março de 2008 | 01h44

O primeiro cargueiro espacial automático da Agência Espacial Européia (ESA), Jules Verne, foi lançado com sucesso da base de Kourou, na Guiana  Francesa, para levar suprimentos à Estação Espacial Internacional (ISS).   Nas próxima semanas, o veículo realizará manobras para atracar com a estação. O lançamento exigiu uma nova versão do foguete Ariane 5 para levar o Verne, de 20 toneladas, ao espaço.   A ESA se refere ao Verne como a nave espacial mais sofisticada já criada na Europa. O cargueiro teleguiado levará oxigênio, combustível e 1,3 tonelada de "carga seca", incluindo suprimentos, equipamento científico e bagagem, para a ISS.   Esta é a primeira missão desse modelo de nave. Até agora, transferências de carga para a ISS vinham sendo feitas por cargueiros automáticos Progress, fabricados e lançados pela Rússia.   Se a missão do Verne for bem-sucedida, a ESA espera realizar uma missão do tipo a cada ano.   Ampliado às 7h32

Tudo o que sabemos sobre:
verneatvesaestação espacial

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.