Detidos 8 tâmeis acusados de financiar o grupo terrorista LTTE

Grupo foi preso em Palermo, na ilha da Sicília; eles são acusados de associação terrorista

Efe,

18 de junho de 2008 | 05h49

A Polícia italiana deteve nesta quarta-feira, 18, em Palermo, na ilha da Sicília, oito tâmeis acusados de associação terrorista, informaram fontes da Polícia antiterrorista. Os detidos tinham se dedicado nos últimos anos a arrecadar dinheiro para financiar o grupo terrorista Tigres de Libertação da Pátria Tâmil (LTTE, na sigla em inglês). Os LTTE é um grupo paramilitar responsável por atentados e ações de guerrilha no Sri Lanka.

Mais conteúdo sobre:
terrorismoSri LankaItália

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.