Dificuldades econômicas derrubam popularidade de presidente francês

O índice de popularidade do presidente da França, François Hollande, caiu ao seu menor nível desde a posse, há dez meses, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira, um dia antes de um pronunciamento no qual deve pedir aos franceses que sejam pacientes para esperar uma recuperação econômica.

Reuters

27 de março de 2013 | 19h20

O presidente socialista enfrenta a taxa de desemprego mais alta em 15 anos e a economia francesa está à beira da recessão.

Apenas 27 por cento dos entrevistados na pesquisa LH2 para o semanário esquerdista Le Nouvel Observateur manifestaram satisfação com Hollande, enquanto 68 por cento se disseram insatisfeitos.

No fim de fevereiro, segundo várias pesquisas, sua popularidade já havia caído a cerca de 30 por cento.

Hollande é parcialmente reprovado no quesito combate ao desemprego (81 por cento de insatisfeitos), e só tem avaliação positiva nas relações exteriores (47 por cento de satisfeitos, contra 45 de insatisfeitos).

Foram ouvidas 968 pessoas por telefone nos dias 22 e 23 de março.

(Reportagem de Alexandria Sage)

Mais conteúdo sobre:
FRANCAHOLLANDEPOPULARIDADE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.