Diminui ameaça de invasão russa no leste da Ucrânia, diz chanceler polonês

Segundo ele, autoridades russas e ucranianas se comprometeram a dialogar

REUTERS

12 de agosto de 2014 | 16h07

A possibilidade de uma invasão militar da Rússia no leste da Ucrânia diminuiu depois que Moscou concordou em enviar um comboio de ajuda humanitária sob a proteção da Cruz Vermelha, disse o chanceler polonês, Radoslaw Sikorski, nesta terça-feira.

"Hoje estamos em uma situação um pouco melhor do que alguns dias atrás, quando parecia que havia uma ameaça de forçar a entrada de um comboio, com uma escolta armada, em território ucraniano", afirmou Sikorski à televisão polonesa.

"Hoje temos que reconhecer que as autoridades russas se comprometeram a dialogar com autoridades ucranianas e o Comitê Internacional da Cruz Vermelha", completou Sikorski.

(Reportagem de Ann Koper)

Tudo o que sabemos sobre:
UCRANIAAMEACADIMINUI*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.