Dreamliner faz pouso de emergência na Escócia após alerta de incêndio

Um avião Dreamliner, da Boeing, que partiu de Chicago rumo à Polônia com 260 passageiros a bordo, fez um pouso de emergência em uma pista da Escócia nesta sexta-feira a pedido do piloto, informou um porta-voz do aeroporto de Glasgow.

REUTERS

26 de setembro de 2014 | 10h00

"O voo foi desviado para o aeroporto de Glasgow após pedido do piloto de um pouso de emergência", disse o porta-voz. "Foi recebida por serviços de emergência como medida de precaução. Eles avaliaram a aeronave e a consideraram segura."

Serviços de emergência ficaram de prontidão para a chegada do Dreamliner 787 da empresa estatal polonesa LOT, que estava a caminho de Varsóvia. A aeronave pousou em segurança.

O piloto tomou a decisão após a tripulação receber um alerta do sistema anti-incêndio instalado no compartimento de carga, disse uma porta-voz da companhia aérea a uma TV da Polônia.

"Em atendimento a normas de segurança, o avião teve que pousar no aeroporto mais próximo para verificações", disse a porta-voz da LOT, Barbara Pijanowska-Kuras, ao canal polonês TVN24.

Ela disse que os bombeiros no local não observaram nenhuma chama ou fumaça.

O modelo Dreamliner, da Boeing, apresentou diversos problemas desde que entrou em operação comercial em 2011. Todos as aeronaves do tipo no mundo foram obrigadas a se manterem em solo por três meses no início de 2013, após duas baterias de lítio pegarem fogo em dois incidentes separados no Japão e EUA.

Em outro incidente, em julho do ano passado, chamas tiveram que ser apagadas em um Dreamliner que se encontrava no aeroporto de Heathrow, na Grã-Bretanha.

(Reportagem de Sarah Young e Michael Holden)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.