Fred Tanneau / AFP
Fred Tanneau / AFP

Eleitores vão às urnas escolher novo presidente da França

Pesquisas apontam Emmanuel Macron com larga vantagem contra Marine Le Pen

O Estado de S. Paulo

07 Maio 2017 | 04h41

Após uma disputa eleitoral tumultuada, Emmanuel Macron e Marine Le Pen chegam ao segundo turno das eleições francesas sob expectativas de todo o planeta. As urnas foram abertas às 8h locais (3h no horário de Brasília), e durante todo o domingo 47,5 milhões de eleitores podem decidir o sucessor do atual presidente, François Hollande. As projeções com os primeiros resultados são esperadas para às 20h locais (15h no horário de Brasilia). 

As últimas pesquisas apontam o candidato do partido centrista 'En Marche!', Emmanuel Macron , com vantagem de 23 a 26 pontos sobre Marine Le Pen, do partido de extrema-direita Frente Nacional. Macron, que é ex-ministro da economia de Hollande, mantém uma plataforma pró-União Europeia e defende a permanência do país no bloco econômico. Já Le Pen, filha do ícone da extrema-direita francesa Jean-Marie Le Pen, consolidou uma campanha com forte discurso nacionalista, contra a participação do País na UE. A chegada de ambos ao segundo já rompe uma antiga tradição francesa de bipartidarismo - desde 1981, a presidência era alternada entre Republicanos e Socialistas. 

Na França, as eleições para presidente ocorrem antes da escolha para a Assembleia Nacional, que ocorre em junho. A primeira projeção aponta que Macron poderá obter uma maioria na Assembleia, o que deverá garantir governabilidade ao seu mandato.

Para este domingo, o esquema de segurança foi reforçado. Com a ameaça de ataques terroristas, 50.000 policiais estão nas ruas francesas para garantir que votação ocorra sem incidentes.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.