Fred Tanneau / AFP
Fred Tanneau / AFP

Eleitores vão às urnas escolher novo presidente da França

Pesquisas apontam Emmanuel Macron com larga vantagem contra Marine Le Pen

O Estado de S. Paulo

07 de maio de 2017 | 04h41

Após uma disputa eleitoral tumultuada, Emmanuel Macron e Marine Le Pen chegam ao segundo turno das eleições francesas sob expectativas de todo o planeta. As urnas foram abertas às 8h locais (3h no horário de Brasília), e durante todo o domingo 47,5 milhões de eleitores podem decidir o sucessor do atual presidente, François Hollande. As projeções com os primeiros resultados são esperadas para às 20h locais (15h no horário de Brasilia). 

As últimas pesquisas apontam o candidato do partido centrista 'En Marche!', Emmanuel Macron , com vantagem de 23 a 26 pontos sobre Marine Le Pen, do partido de extrema-direita Frente Nacional. Macron, que é ex-ministro da economia de Hollande, mantém uma plataforma pró-União Europeia e defende a permanência do país no bloco econômico. Já Le Pen, filha do ícone da extrema-direita francesa Jean-Marie Le Pen, consolidou uma campanha com forte discurso nacionalista, contra a participação do País na UE. A chegada de ambos ao segundo já rompe uma antiga tradição francesa de bipartidarismo - desde 1981, a presidência era alternada entre Republicanos e Socialistas. 

Na França, as eleições para presidente ocorrem antes da escolha para a Assembleia Nacional, que ocorre em junho. A primeira projeção aponta que Macron poderá obter uma maioria na Assembleia, o que deverá garantir governabilidade ao seu mandato.

Para este domingo, o esquema de segurança foi reforçado. Com a ameaça de ataques terroristas, 50.000 policiais estão nas ruas francesas para garantir que votação ocorra sem incidentes.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.