Em primeiro discurso, Brown promete mudança

"Este será um novo governo, com novas prioridades", disse o novo premiê britânico

Agências Internacionais, Agencia Estado

27 Junho 2007 | 16h26

Em seu primeiro discurso como o novo primeiro-ministro do Reino Unido, o líder trabalhista britânico Gordon Brown prometeu nesta quarta-feira, 27, usar "todos os talentos" para formar um "novo governo com novas prioridades". Radiante e emocionado, Brown fez o pronunciamento cerca de cinco minutos após sair do Palácio de Buckingham, onde reuniu-se por quase uma hora com a rainha Elizabeth II, que o incumbiu de formar um novo governo após receber a renúncia do ex-premiê Tony Blair."Que o trabalho de mudança comece", declarou o novo chefe de governo ao lado de sua esposa, Sarah, em uma breve aparição em frente ao número 10 da Downing Street, a residência oficial do premiê britânico. "Este será um novo governo, com novas prioridades, e eu tive o privilegio de receber a grande oportunidade de servir meu país", disse Brown, que no domingo assumiu a liderança do Partido Trabalhista britânico. No Reino Unido, o líder do partido com a maioria no Parlamento é quem assume o cargo de primeiro-ministro.Brown assume após 13 anos tentando emergir ao cargo, período em que o até então secretário do Tesouro se viu ofuscado pelo carisma de Blair - o mais jovem político a assumir a chefia de governo britânica na história recente do Reino Unido. A mudança só se tornou viável depois de meses de desgate do ex-premiê, que nos últimos anos viu sua popularidade erodir pelo fracasso da aliança com os Estados Unidos no Iraque e por escândalos políticos que atingiram a cúpula de seu governo.Durante o discurso desta quarta-feira, Brown disse que uma das suas prioridades será a formação de um gabinete de governo que reúna talentos e que esteja acima de interesses políticos. "A necessidade de mudança não pode ser atingida com velhas políticas", disse Brown, que deve anunciar os nomes de seu governo nas próximas horas. Segundo o britânico The Times, deve compor seu governo com políticos de fora do trabalhismo. "Sempre serei forte em meus objetivos, decidido em minhas determinações e resoluto nas ações para servir o que interessa ao povo britânico. Quero as melhores chances para todos, essa é a minha missão", discursou Brown, que na tarde desta quarta-feira deverá passar horas recebendo as condecorações de líderes estrangeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.