Empresa promete devolver 19 mil malas perdidas em Heathrow

Diretor da BA diz que inauguração de novo terminal foi um desastre, mas que experiência foi 'agradável'

Ansa,

01 de abril de 2008 | 11h07

A companhia aérea britânica British Airways (BA) disse nesta terça-feira, 1, que está trabalhando para devolver cerca de 19 mil malas e bolsas perdidas após cinco dias de caos, atrasos e cancelamentos de vôos no novo Terminal 5 do aeroporto internacional de Heathrow, no oeste de Londres. O diretor executivo da BA, Willie Walsh, declarou que a empresa mantém a bagagem em depósitos temporários e espera começar a devolver cerca de 5 mil itens ainda nesta terça. Ele ressaltou, porém, que o procedimento pode durar dias, já que o processo de identificação da bagagem tem de ser feito manualmente. O governo afirmou nesta segunda-feira que ao menos 28 mil malas estavam perdidas. Segundo Walsh, o primeiro dia de operações do T5, na quinta-feira passada, foi um "desastre", e ele teria ficado profundamente decepcionado pelo aparente fracasso na inauguração. "Vimos cerca de 200 mil passageiros utilizando o Terminal 5. Sei que a imprensa descreverá isso como um caos em Heathrow. Mas para muitos foi uma experiência agradável e estou confiante de que o novo terminal será um sucesso", disse. "O edifício é incrível, e nós o faremos funcionar bem. Mas devo admitir que o primeiro dia foi um desastre", acrescentou. Os especialistas disseram que os problemas com a bagagem durante os primeiros dias de funcionamento do T5 custarão à BA entre US$40 mi e US$100 mi em perdas.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino UnidoHeathrow

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.