Enchentes matam três no sudoeste da Alemanha

Tempestade alaga vilas e mata mulheres afogadas; chuvas deixam mais de dez pessoas feridas

Agência Estado e Associated Press,

03 de junho de 2008 | 13h39

Uma forte tormenta atingiu o sudoeste da Alemanha na noite de segunda para terça-feira, 3. Três mulheres morreram e mais de dez pessoas ficaram feridas em decorrência de enchentes, informou a polícia.  Um rio normalmente calmo que corre pelo Killertal - que significa "vale matador" em alemão - no Estado de Baden-Wuerttemberg, no sudoeste da Alemanha, se encheu e tornou-se um rio caudaloso na noite de segunda-feira. A água invadiu ruas e deixou algumas vilas da região alagadas - o nível da água chegou a meio metro. Foto: AP Um carro ficou submerso na cidade de Jungingren. Duas mulheres que estavam no veículo morreram, segundo o porta-voz da polícia Lambert Maute. Uma terceira mulher morreu na cidade de Hechingen, após a água deixá-la presa no porão da casa dela. Um trem regional colidiu com árvores que estavam balançando por causa dos fortes ventos, ferindo seriamente o condutor. A tempestade, que começou na segunda-feira por volta das 19h30, causou também consideráveis atrasos no aeroporto de Stuttgart, nas proximidades, e um prejuízo de milhares de euros. "Os veículos estão por todo lugar, nas posições mais insólitas", relatou Maute. Um bombeiro sofreu um choque elétrico nesta terça-feira, mas não corria risco de morte.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.