Erdogan diz que nova eleição é 'inevitável' se governo não for formado no prazo

ANKARA - O presidente da Turquia, recep Tayyip Erdogan, disse que a realização de novas eleições seria "inevitável" se o partido governista AKP e a oposição não conseguirem formar um novo governo dentro do prazo constitucional de 45 dias.

O Estado de S. Paulo

14 de junho de 2015 | 12h13

Em comentários publicados neste domingo no jornal Milliyet, Erdogan disse que pretende, primeiro, conceder um mandato para o AKP formar um novo governo depois de o partido ter ganhado de 41% dos votos na eleição de 7 de junho, perto de obter a maioria parlamentar necessária para governar sozinho.

"Vamos dizer que o partido que ficou em primeiro lugar na eleição não poderia conseguir isso (formar um governo) nem o segundo... Nesse caso, ir às urnas novamente de acordo com a Constituição seria inevitável", disse Erdogan a jornalistas na noite de sábado, em seu voo de volta do Azerbaijão.

"Eu não chamo isso de uma votação antecipada, mas de uma nova eleição."

Depois que o Parlamento for empossado no final do mês, Erdogan deverá formalmente dar poder ao AKP para formar um novo governo. Se não o partido não conseguir fazê-lo no prazo de 45 dias, o presidente tem o poder de convocar uma nova eleição.

"Deixar o país sem um governo é impensável", disse Erdogan.

"A incerteza não deve durar muito tempo para garantir que os investimentos e as nossas relações internacionais não sejam perturbados. Um governo deve ser formado o mais rapidamente possível."

O AK, cofundado por Erdogan, continua sendo o maior partido da Turquia, mas seu apoio caiu em 7 de junho. Votos foram perdidos para o pró-curdo Partido Democrático do Povo (HDP), que entrou para o Parlamento pela primeira vez, e para o Partido Movimento Nacionalista (MHP), de direita. / REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
TURQUIAERDOGANELEIÇÕES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.