Olafur Sigurjonsson/Reuters
Olafur Sigurjonsson/Reuters

Erupção de vulcão islandês leva à suspensão de voos para Escócia

Suspensão acontece um ano depois de a erupção de outro vulcão islandês ter levado ao fechamento por vários dias do espaço aéreo britânico pelo temor de que as cinzas vulcânicas pudessem causar danos aos motores dos aviões

Efe,

24 de maio de 2011 | 04h16

LONDRES - Várias companhias aéreas suspenderam os voos das próximas horas com origem ou destino à Escócia pela nuvem de cinzas procedente da erupção do vulcão islandês Grimsvötn.

 

A decisão foi tomada pela British Airways, a holandesa KLM, a irlandesa Air Lingus e a companhia de baixo custo Easyjet.

 

Por outro lado, a Ryanair, outra empresa de baixo custo, criticou a ordem das autoridades da aviação civil irlandesa para que suspendesse na manhã desta terça-feira, 24, seus voos de origem ou com destino a Edimburgo, Glasgow e Aberdeen por razões de segurança.

 

As novas suspensões acontecem um ano depois de a erupção de outro vulcão islandês ter levado ao fechamento por vários dias do espaço aéreo britânico e de vários países europeus pelo temor de que as cinzas vulcânicas pudessem causar danos aos motores dos aviões.

 

Este ano, a decisão de voar ou suspender os voos foi deixada a cargo das próprias companhias, embora estas tenham de pedir a permissão da Autoridade da Aviação Civil britânica.

 

O ministro dos Transportes do Reino Unido, Philip Hammond, declarou à BBC que o país agora está mais bem preparado para essa eventualidade, já que tem sistemas "mais robustos para minimizar o efeito perturbador" da nuvem de cinzas.

 

O ministro disse, no entanto, que o governo britânico não pode prometer que não haverá perturbações quando ocorrer um fenômeno natural dessa natureza.

 

A ameaça da nuvem de cinza procedente do vulcão Grimsvötn obrigou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a antecipar em várias horas seu voo desde a Irlanda rumo a Londres para uma visita de Estado ao Reino Unido que começa nesta terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.