Escudo dos EUA pode provocar resposta da Rússia, diz general

O disparo de uma arma do escudoantimísseis dos Estados Unidos que será instalado no lesteeuropeu poderia provocar o lançamento de um míssil balísticointercontinental, disse no sábado o chefe do Estado Maior daRússia. O general Yuri Baluyevsky fez a advertência em umaentrevista coletiva, na qual criticou duramente o plano deWashington de instalar um sistema antimísseis na Polônia e naRepública Tcheca. "O disparo de um foguete antimíssil da Polônia poderia serconsiderado pelo sistema automático da Rússia como o lançamentode um míssil balístico, o que poderia provocar um ataque comoresposta", disse Baluyevsky, segundo a agência de notíciasItar-Tass. A Rússia se opõe ao escudo antimísseis norte-americano,que, segundo Washington, foi desenhado para proteger a Europade um possível ataque por Estados "párias", como o Irã. Baluyevsky sustentou que as propostas norte-americanas emtorno do escudo são inadequadas. (Reportagem de Douglas Busvine)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.