Espanha anuncia medidas para estimular retorno de imigrantes

Estrangeiros poderão adiantar seu seguro-desemprego para facilitar uma eventual volta voluntária

Efe,

26 de maio de 2008 | 18h05

O ministro de Trabalho e Imigração da Espanha, Celestino Corbacho, anunciou nesta segunda-feira, 26, que aplicará medidas para "incentivar" os imigrantes a retornarem voluntariamente para seus países. Em uma audiência no Congresso dos Deputados, Corbacho disse que, a partir de julho, os estrangeiros poderão adiantar seu seguro-desemprego para facilitar um eventual retorno voluntário. Veja também:Espanha critica pacote italiano contra imigraçãoUE chega a acordo para lei de retorno de imigrantes ilegais Na prática, os imigrantes terão como sacar de uma só vez todo o dinheiro que receberiam ao longo de várias meses. Em sua intervenção, Corbacho também falou da sua intenção de endurecer as sanções aos empresários que contratam imigrantes ilegais. O principal objetivo das medidas é fazer com que os imigrantes entrem na Espanha "de forma legal e com contrato de trabalho", e que, uma vez no país, desfrutem "dos mesmos direitos e deveres que outros cidadãos". Por isso, o Ministério de Trabalho e Imigração implementará políticas de "legalidade, convivência e integração", tornará mais rígidas a inspeção e o controle dos trabalhadores estrangeiros, utilizará a contratação em origem e tratará com os agentes sociais da "capacidade de amparada do mercado de trabalho". Corbacho disse ainda que promoverá uma política comum de imigração e integração no âmbito da União Européia (UE).  Nesse contexto, opinou que o projeto para estimular o retorno dos imigrantes a seus países de origem, previsto para ser aprovado pelo Parlamento Europeu (PE) em junho, "pode ser visto como um retrocesso ou como um grave problema", embora represente um avanço na "harmonização das políticas européias."

Tudo o que sabemos sobre:
Espanhaimigração

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.