Espanha anuncia saída de todas as tropas do Afeganistão até 2014

A Espanha vai retirar 10 por cento dos 1.500 soldados que tem no Afeganistão na primeira metade do próximo ano, e a retirada completa de suas tropas será concluída até 2014, anunciou nesta sexta-feira o primeiro-ministro José Luis Rodríguez Zapatero.

REUTERS

24 de junho de 2011 | 13h07

O anúncio foi feito depois de o presidente norte-americano, Barack Obama, ter apresentado esta semana um cronograma para a retirada das tropas dos EUA do Afeganistão, prevendo a saída de um terço dos soldados até o final do próximo verão no hemisfério norte.

Zapatero disse que 40 por cento das tropas espanholas retornarão para casa até a primeira metade de 2013. Ele falou em Bruxelas após uma cúpula de líderes da União Europeia, e suas declarações foram transmitidas ao vivo pela televisão espanhola.

O cronograma apresentado por Zapatero acelerou em alguns meses os planos atuais de retirada, segundo o jornal El País.

A França também seguiu o exemplo dos EUA na sexta-feira: o presidente Nicolas Sarkozy disse que centenas de soldados franceses retornarão do Afeganistão até o final de 2012.

(Reportagem de Fiona Ortiz)

Tudo o que sabemos sobre:
ESPANHAAFEGANISTAORETIRADA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.