Esposa de Berlusconi tem amante há muito tempo, diz amiga

Líder do Movimento para a Itália, Daniela Santanche afirmou que premiê "deixou de lado o orgulho masculino"

Efe

31 de maio de 2009 | 12h50

A líder do Movimento para a Itália, Daniela Santanche, afirmou que Verónica Lario, mulher do primeiro-ministro Silvio Berlusconi, "tem um companheiro há muito tempo".

 

Santanche, que apoiará o candidato do partido Povo da Liberdade (PDL), liderado por Berlusconi, nas próximas eleições provinciais de Milão, fez a revelação numa entrevista publicada neste domingo, 31, pelo jornal Libero.

 

"O chefe (de Governo) não destruiu nenhuma família. É Verónica Lario que há muito tempo tem um companheiro", declarou a política italiana. "Berlusconi se sujeitou a tudo para manter a família de pé. Renunciou a ter uma mulher ao seu lado. Aceitou que a Itália não tivesse uma primeira-dama. Deixou de lado o orgulho masculino", declarou Daniela.

 

Segundo a política, Berlusconi fez um pacto com Verónica para que o casal seguisse em frente, unido, pensando nos filhos e nos netos.

 

Berlusconi "aceitou aquilo que poucos homens teriam aceito. O que teria custado a ele se divorciar e formar uma nova família? Um abrir e fechar de olhos e o assunto estava resolvido", afirmou a amiga do premiê italiano.

 

A líder do Movimento para a Itália disse que só agora resolveu falar sobre o amante de Verónica por estar cansada de abrir os jornais todas as manhãs e ler manchetes sobre Berlusconi sem que ninguém saiba a verdade.

 

No dia 3 de abril, foi noticiado que Verónica queria o divórcio de Berlusconi. A decisão dela teria sido motivada pela publicação de fotos em que o premiê aparece na festa de 18 anos de Noemi Letizia, com a qual, segundo insinuações surgidas desde então, ele poderia ter tido um caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.