Esquerda Democrática recusa acordo por coalizão na Grécia

O líder do partido moderado grego Esquerda Democrática, Fotis Kouvelis, minimizou as esperanças de um acordo de coalizão nesta sexta-feira, afirmando que ele não faria parte de qualquer governo pró-resgate e que o país se encaminha para novas eleições.

REUTERS

11 Maio 2012 | 07h56

"Nós deixamos claros, o partido Esquerda Democrática não participará de um governo com o Nova Democracia e o PASOK", disse Kouvelis em uma reunião com grupo de parlamentares de seu partido.

PASOK e Nova Democracia são os partidos que negociaram juntos o resgate de 130 bilhões de euros da UE e do FMI no ano passado e são os únicos partidos que atualmente defendem o acordo.

(Reportagem de Harry Papachristou)

Mais conteúdo sobre:
GRECIA ESQUERDADEMOCRATICA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.