Estação de trem na Noruega é fechada após ameaça de bomba

Bilhete foi encontrado em vagão de trem estacionado, mas nenhum explosivo foi localizado

Efe,

23 de dezembro de 2010 | 19h09

Pessoas deixam estação de Gardermoen após ordem da polícia. Foto: Trym Skaar/Reuters

 

Atualizado às 20h25

 

OSLO- A estação de trem de Gardermoen, situada junto ao aeroporto de Oslo, foi fechada nesta quinta-feira, 23, após ser encontrado um bilhete com uma ameaça de bomba, mas nenhum explosivo foi localizado no local.

 

Veja também:

linkEmbaixadas em Roma recebem pacotes-bombas; dois ficam feridos

 

"A busca foi completada e o comboio está operando novamente. Não encontramos nenhuma bomba", informou o responsável da polícia local, Svein Arild Howdy, em declarações à versão online do jornal "Verdens Gang".

 

Ainda não se sabe quando a estação será reaberta ao tráfego ferroviário e a entrada de passageiros será permitida novamente. A imprensa norueguesa estima que milhares de pessoas foram afetadas pela ameaça de bomba, apesar do aeroporto ter reforçado o serviço de ônibus com destino a Oslo.

 

O porta-voz do aeroporto de Oslo, Jo Kobro, confirmou ao jornal "Aftenposten" que a ameaça não afetou o tráfego aéreo do terminal, nem suas instalações.

 

O bilhete foi achado às 18h15 locais, em um vagão de um comboio estacionado. "Recebemos informações de que poderia haver explosivos a bordo de um trem que se encontrava no andar 1 da estação de trem do aeroporto", informou o porta-voz policial Ola Magna ao jornal norueguês "JydskeVestkysten".

 

As forças de segurança, então, decidiram isolar o local e evacuar todos os passageiros que estavam na estação.

 

"A ameaça dizia que os explosivos estavam no mesmo trem em que a nota estava. O trem e a estação inteira foram evacuados imediatamente", assegurou Dag Svinsaas, porta-voz da Autoridade Ferroviária Norueguesa (Jernbaneverket).

 

Após o aviso, a polícia norueguesa interrompeu o tráfico ferroviário que atravessa Gardermoen, uma pequena localidade a 50 km ao noroeste de Oslo, e revistou as dependências da estação em busca de pacotes suspeitos.

 

O bilhete foi encontrado horas depois que dois artefatos explodiram nas embaixadas da Suíça e do Chile em Roma, e da evacuação de uma representação da União Europeia (UE) em Berna, na Suíça, após um pacote suspeito ser localizado.

 
Tudo o que sabemos sobre:
NoruegaOsloestaçãotrembombaameaça

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.