Estudantes e policiais se enfrentam durante protesto em Paris

Pelo menos seis estudantes do ensino médio foram detidos em manifestação contra cortes na educação

Reuters,

08 de abril de 2008 | 14h54

A Polícia francesa usou gás lacrimogêneo contra estudantes que faziam uma manifestação nesta terça-feira, 8, em protesto aos planos do presidente francês, Nicolas Sarkozy, de realizar cortes nos empregos da área de educação. Ao menos seis estudantes do ensino médio foram detidos, após atirarem garrafas e pedras contra a polícia, na região sul de Paris. Não foram reportados feridos na manifestação, o terceiro protesto em Paris em pouco mais de uma semana. Dezenas de professores marcharam ao lado dos adolescentes, alguns carregando faixas com os dizeres "não ao corte dos empregos."  A marcha em Paris acontece depois do anúncio nacional na quinta-feira, 3, de corte de cerca de 8,8 mil empregos de professores, uma medida que, segundo o Ministro da Educação, se justificaria pela diminuição do número de alunos nas escolas. A redução dos empregos é parte dos planos do governo para contenção do déficit público. Os manifestantes também temem que as reformas em geral possam erodir as proteções sociais e trabalhistas do país. No ano passado, protestos estudantis levaram o governo Sarkozy a reduzir as reformas nas universidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.