Estudantes saem às ruas em Paris contra mudanças na educação

Centenas de jovens fazem manifestação contra reforma do ensino superior e redução dos postos de trabalho

Efe e Reuters,

17 de abril de 2008 | 15h18

Centenas de jovens foram às ruas em Paris nesta quinta-feira, 17, em protesto contra a reforma do ensino superior e da redução dos postos de trabalho para professores. No começo do mês, a polícia francesa deteve pelo menos 25 manifestantes e usou gás lacrimogêneo para dispersar os jovens em outro protesto contra as mudanças na educação, anunciadas pelo presidente francês Nicolas Sarkozy.   Foto: Efe Não há informações sobre estudantes feridos ou presos no protesto desta quinta-feira. Os cortes de empregos são parte de um plano de substituir apenas um de cada dois funcionários públicos que se aposentam até 2012, enquanto o governo de Paris é pressionado para conter os gastos estatais e cortar o déficit público. Protestos estudantis induziram o governo de Sarkozy a diluir planos de reforma universitária no ano passado e forçaram o governo anterior, de centro-direita, a cancelar um contrato de primeiros empregos em 2006.

Tudo o que sabemos sobre:
protestoParisSarkozyestudantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.