Estudo calcula em 1,3 mi de euros custo da reunificação alemã

Relatório mostra que transferências do ocidente para o oriente aumentou significativamente na última década

Reuters,

07 Novembro 2009 | 19h44

Enquanto a Alemanha se prepara para celebrar o aniversário de 20 anos da queda do Muro de Berlim, um novo estudo afirma que cerca de 1,3 trilhão de euros foram transferidos do lado ocidental para a reconstrução do leste, publicou um jornal neste sábado.

Veja também:

video Muro de Berlim: 20 anos da unificação alemã

especial 20 anos da queda do Muro de Berlim

especialQuiz: fim da divisão na Alemanha

O relatório divulgado pelo instituto de pesquisa IWH mostra que as transferências líquidas da região ocidental para a oriental - um valor equivalente a mais da metade da produção econômica total da Alemanha em 2008 - "aumentou significativamente" na última década, disse o semanal Welt am Sonntag.

O país comemora na segunda-feira o 20º aniversário da queda do Muro de Berlim. Nas comemorações, cerca de mil blocos de dominós coloridos que estão sendo montados neste sábado serão derrubados por cerca de 1,5 quilômetro que acompanhará o trajeto original da barreira erguida durante a Guerra Fria.

A chanceler alemã, Angela Merkel, se reunirá com líderes mundiais do passado e do presente para celebrar o evento histórico.  Além de outros, o presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, e o premiê britânico, Gordon Brown, farão discursos.

O estudo não publicado do IWH foi originalmente comissionado pelo governo em 2006, mas o Ministério de Finanças alemão retirou sua assinatura do projeto por conta de divergências de opinião sobre como os números foram calculados, informou o jornal.

Mais conteúdo sobre:
Muro de berlim fim do comunismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.