ETA assume autoria de quatro atentados nos últimos dois meses

O grupo separatista basco ETA divulgou nasexta-feira uma nota em que assume quatro atentados a bombasnos últimos dois meses na Espanha --dois em órgãos públicos edois em retransmissoras de TV. As explosões não deixaram feridos. As autoridades já haviamatribuído os ataques ao ETA, grupo que matou mais de 800pessoas em quatro décadas de luta armada pela independência dasua região, dividida entre o norte da Espanha e o sudoeste daFrança. O último atentado fatal reivindicado pelos rebeldes foi oassassinato de um ex-vereador em 7 de março, dois dias antes daeleição geral que deu um novo mandato aos socialistas. Na nota enviada na sexta-feira ao jornal nacionalista bascoGara, o ETA cita a recente prisão do prefeito da cidade bascade Arrasate, acusado de ligação com o grupo armado, e acusa ogoverno de "exibir sua essência neofascista sem qualquertentativa de disfarce". (Reportagem de Jason Webb)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.