Ex-candidata francesa à Presidência diz que concorrerá em 2012

A ex-candidata socialista à Presidência da França Ségolène Royal concorrerá novamente ao cargo em 2012, disse ela em entrevista a jornais nesta segunda-feira.

REUTERS

29 de novembro de 2010 | 19h43

Royal disse aos jornais La Nouvelle République e Centre Presse que decidiu concorrer às primárias do Partido Socialista, que irão ocorrer no segundo semestre de 2011.

"Eu sei da experiência que vários meses são necessários para se preparar", disse Royal aos jornais. "Quem não consegue ver que a direita já está em campanha?"

O presidente francês Nicolas Sarkozy, que enfrenta baixos níveis de aprovação, derrotou Royal em 2007, pondo fim à expectativa dela de se tornar a primeira presidente mulher da França e recuperar a Presidência para os socialistas após 12 anos de governo Jacques Chirac.

Royal derrotou figurões socialistas para se tornar candidata naquele pleito. Desde sua derrota, ela tem sido ofuscada pela chefe do Partido Socialista Martine Aubry e pelo chefe do Fundo Monetário Internacional Dominique Strauss-Kahn, vistos como possíveis candidatos para 2012.

(Reportagem de Leigh Thomas)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAPRESIDENCIAROYAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.