Explosão de ônibus deixa 11 mortos na Ossétia do Norte

Bomba foi detonada durante desembarque de passageiros em uma das ruas mais movimentadas da província

Agência Estado e Associated Press,

06 de novembro de 2008 | 12h13

Pelo menos 11 pessoas morreram nesta quinta-feira, 6, quando uma explosão atingiu um microônibus no momento do desembarque de passageiros na capital da província russa da Ossétia do Norte, informaram investigadores.   Um funcionário do Ministério de Situações Emergenciais na Ossétia do Norte disse, sob a condição de anonimato, que a detonação foi causada por uma bomba de fabricação caseira. Os passageiros estavam desembarcando perto da entrada do mercado central de Vladikavkaz quando ocorreu a explosão, informa um comunicado publicado por investigadores russos na internet.   A explosão está sendo investigada e as autoridades locais trabalham com a possibilidade de ato extremista. Os investigadores informaram que 11 pessoas morreram, mas não há informações sobre feridos.   A Ossétia do Norte faz fronteira com a Chechênia, onde militantes islâmicos insurgiram-se contra o governo no decorrer da última década e meia, e com a Ossétia do Sul, uma região separatista georgiana que em agosto foi o estopim de uma breve guerra entre a Rússia e a Geórgia.

Tudo o que sabemos sobre:
Ossétia do Norte, Rússia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.