Explosão mata nove soldados na Turquia

Veículo do Exército é atingido por bomba em estrada; pelo menos dois militares foram feridos

Agência Estado e Associated Press,

11 de agosto de 2008 | 09h53

A explosão de uma bomba durante a passagem de um veículo militar da Turquia provocou a morte de nove soldados no leste do país nesta segunda-feira, 11, informaram uma autoridades local e uma agência estatal de notícias. Não houve reivindicação de responsabilidade, mas a explosão ocorreu em uma área onde rebeldes curdos vêm combatendo soldados turcos e ocasionalmente recorrem a explosões de beira de estrada. O governador de Erzincan, Ali Gungor, disse que a explosão ocorreu perto da cidade de Kemah, no momento em que um veículo militar passava pela região. Ele disse que oito soldados morreram e três ficaram feridos. Pouco depois, a agência de notícias Anatólia informou que um dos militares feridos havia morrido no hospital, elevando a nove o número de mortos. Os choques entre guerrilheiros e soldados turcos intensificaram-se nos últimos meses. O conflito já provocou a morte de quase 40 mil pessoas desde 1984, quando o Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, por suas iniciais em curdo) levantou-se em armas para lutar por autonomia.

Tudo o que sabemos sobre:
TurquiacurdosPKK

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.