Explosões em bloco de apartamentos na Ucrânia matam nove

Acidente teria ocorrido por vazamento de gás natural; 21 pessoas ficaram feridas

Reuters,

13 de outubro de 2007 | 14h14

Explosões causada por gás destruíram um bloco de apartamentos e prédios adjacentes no centro da Ucrânia neste sábado, 13, matando pelo menos nove pessoas e ferindo 21, informaram autoridades. O Ministério da Emergência afirmou que várias explosões sucessivas afetaram uma área residencial na cidade de Dnipropetrovsk durante a manhã, e fez os moradores serem cobertos por destroços. "As operações de resgate estão continuando e é claro que é possível que haja pessoas ainda debaixo dos escombros", afirmou um porta-voz do ministério. O site do ministério na Internet afirma que duas partes de um prédio de 10 andares tinha sido destruído. O texto diz que seis dos 21 feridos são crianças, com um total de 70 pessoas resgatadas dos seus apartamentos. Autoridades do ministério em Dnipropetrovsk declararam que também houve dano em um prédio de apartamentos ao lado e a duas casas menores. Um dos mortos morava em uma delas. A empresa local de gás em Dnipropetrovsk disse que a explosão foi causada por um súbito aumento nos fluxos de gás para a área. O presidente Viktor Yushchenko ordenou ao premiê Viktor Yanukovich, seu antigo rival político, que acompanhe os detalhes da explosão para determinar sua origem. Promotores públicos abriram uma investigação criminal sobre as causas do acidente.

Tudo o que sabemos sobre:
Kiev

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.