Fiéis deixam santuário de Lourdes após ameaça da bomba

Cerca de 30 mil fiéis estavam no santuário para celebrar a Assunção de Maria

Reuters

15 de agosto de 2010 | 10h38

  Perigo. A comemoração da Assunção de Maria é uma das mais populosas em Lourdes            

PARIS - Uma ameaça de bomba no santuário de Lourdes, na França, levou a polícia a retirar os peregrinos do local neste domingo, 15. Cerca de 30 mil fiéis estavam no santuário para celebrar a Assunção de Maria.

A polícia recebeu a ameaça por telefone. Segundo o alerta, quatro bombas explodiriam no santuário por volta das 15h (horário local).

Especialistas em desativação de bombas investigam a ameaça. "Tudo está se desenrolando de maneira ordenada", afirmou um porta-voz do santuário à Reuters.

O local de peregrinação de católicos está situado ao sudoeste da França, onde se acredita que a Virgem Maria apareceu no início do século 19.  A festa da Assunção de Maria é uma das mais celebradas em Lourdes.

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCALOURDES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.