Fogo em mina turca atrasa resgate, número de mortos sobe para 299

Um incêndio iniciado neste sábado em parte de uma mina onde quase 300 operários foram mortos no pior desastre industrial da Turquia está prejudicando os esforços de resgate de três trabalhadores que podem ainda estar embaixo da terra.

Reuters

17 Maio 2014 | 09h32

O ministro de Energia da Turquia, Taner Yildiz, afirmou a jornalistas que corpos de 15 mineiros foram retirados da mina durante a noite, o que elevou o número de mortos no desastre para 299.

Pelo menos três trabalhadores continuam na mina, mas é improvável que estejam vivos, quatro dias depois que um incêndio contaminou a instalação com monóxido de carbono.

Mais conteúdo sobre:
TURQUIA MORTOS SOBEM*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.