Forças espanholas desarticulam comando da ETA

'Comando Vizcaya' era o mais ativo da ETA desde que anunciou em comunicado a ruptura do cessar-fogo

Efe,

22 de julho de 2008 | 02h51

A Guarda Civil espanhola desarticulou na madrugada desta terça-feira, 22, o "Comando Vizcaya" da ETA, com a detenção de sete pessoas. Entre os presos está o responsável do comando, Arkaitz Goikoetxea, informaram à Agência Efe fontes da luta antiterrorista. A operação aconteceu em várias localidades do País Basco (no litoral norte espanhol), como Getxo e Elorrio. As fontes disseram que a operação continua aberta, e por isso não são descartadas novas detenções. Com estas detenções, a Guarda Civil considera que desarticulou o "Comando Vizcaya", o mais ativo da ETA desde que anunciou em comunicado a ruptura do cessar-fogo, em 5 de junho de 2007. As forças de segurança do Estado atribuem ao "comando Vizcaya" a maioria dos atentados cometidos durante o último ano.

Tudo o que sabemos sobre:
ETAEspanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.