Forte ruído de artilharia abala Donetsk, no leste da Ucrânia, diz testemunha

Fortes explosões de projéteis de artilharia abalaram nesta quarta-feira a periferia da cidade ucraniana de Donetsk, no leste da Ucrânia, pouco depois de Kiev e Moscou terem dito que haviam chegado a um acordo sobre medidas destinadas a acabar com a violência.

REUTERS

03 de setembro de 2014 | 09h15

Um correspondente da Reuters em Donetsk disse que as explosões podiam ser ouvidas no noroeste da cidade e que fumaça cinza emergia de uma área perto do aeroporto da cidade. Cerca de 1 milhão de pessoas vivam em Donetsk antes do início do conflito

A Ucrânia disse nesta quarta-feira que seu presidente, Petro Poroshenko, e o presidente russo, Vladimir Putin, tinham chegado a um acordo sobre os passos a serem adotados para um cessar-fogo no conflito de Kiev com os rebeldes pró-Rússia, mas o Kremlin negou que Putin tenha tratado de um cessar-fogo porque a "Rússia não é uma das partes em conflito".

"As partes chegaram a um entendimento mútuo sobre as medidas que irão facilitar o estabelecimento da paz", dissera um comunicado do gabinete de Poroshenko, substituindo uma declaração anterior em que falava de um "cessar-fogo permanente".

(Reportagem de Gabriela Bacynska e Alissa de Carbonnel)

Mais conteúdo sobre:
UCRANIADONETSKBOMBARDEIO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.