Forte terremoto deixa pelo menos 51 mortos na Turquia

Número de mortos ainda deve aumentar; Agência de Desastres do país dá conta de mais de cem feridos

AP e Reuters

08 de março de 2010 | 01h43

Terremoto atingiu província de Elazig por volta das 4h30 locais. Omer Fansa/Agência Anatolia/Reuters

 

ISTAMBUL - Um forte terremoto de magnitude 6,0 matou ao menos 51 pessoas na província de Elazig, na região leste da Turquia, a 550 quilômetros da capital Ancara, durante a madrugada desta segunda-feira, 8.

 

Segundo o Observatório Sismológico da Turquia, o terremoto teve seu epicentro em Basyurt-Karakocan, às 4h32 (hora local). O choque foi seguido de outro tremor de intensidade 4,1 graus. A Agência de Desastres e Emergências disse que o número oficial de vitimas fatais seguia em 51, com mais de cem pessoas feridas. Anteriormente, o órgão havia divulgado que 57 pessoas haviam morrido, mas diminuiu o número de vítimas sem dar explicações. De acordo com os funcionários do governo, os socorristas trabalham para salvar pessoas que estão nos escombros.

 

Trabalhadores de hospitais e familiares transportaram as vitimas em carros e ambulâncias para o hospital estadual, nas proximidades de Kovancilar. Nas aldeias próximas, foram acesas fogueiras para os moradores que fugiram de suas casas em meio ao pânico.

 

De acordo com a agência estatal Anatolian, representantes do governo relataram que 17 pessoas morreram nas cidades de Okcular, Yukari Kanatli e Kayali. Já a CNN turca informou que entre as oito pessoas mortas em Okcular, quatro são crianças. Outras 13 pessoas morreram no vilarejo de Yukari Demirci, segundo o governador da província, Muammer Erol.

 

Uma equipe do Crescente Vermelho chegou à zona do terremoto e estabeleceu um centro de crise, enquanto equipes de resgate tentam localizar sobreviventes em meio ao entulho.

 

Mais de uma dúzia de réplicas menores ocorreram após o tremor principal, declarou o centro. Apavorados, os moradores correram sairam de suas casas e permaneceram nas ruas por medo das réplicas, disse uma testemunha da cidade de Tunceli, que fica a 64 quilômetros do epicentro.

 

 
Tudo o que sabemos sobre:
Turquiaterremototerremoto na Turquia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.