Eric Gaillard/Reuters
Eric Gaillard/Reuters

França bate recorde de calor com 44,3º C

Quatro mil escolas foram fechadas ou tiveram alterações em seu horário de funcionamento

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2019 | 10h10

PARIS - A França bateu recorde absoluto de temperatura e registrou 44,3º C nesta sexta-feira, 28. A temperatura foi registrada na localidade de Carpentras, no sul do país, às 13h48. O serviço meteorológico francês emitiu alerta vermelho, e as aulas em quatro mil escolas foram afetadas.

"É algo histórico", comentou o meteorologista Etienne Kapikian. O recorde anterior era de 12 de agosto de 2003, quando as cidades de Saint-Christol-les-Alès e Conqueyrac, também no sul do país, registraram temperatura de 44,1 ºC.

O primeiro-ministro francês, Édouard Philippe, informou que quatro mil escolas foram fechadas ou tiveram alterações em seu horário de funcionamento. Em pronunciamento à imprensa junto com a ministra de Saúde Agnès Buzyn e outros membros do governo, Philippe fez um apelo a "toda a população" para que tenha cuidado com as consequências das condições climáticas. Philippe explicou que se trata de uma onda de calor "excepcional por sua intensidade e precocidade", logo no começo do verão.

Como consequência do calor e das altas pressões, a poluição atingiu níveis elevados em muitas cidades francesas, fazendo com que em algumas delas, inclusive em Paris, o trânsito fosse reduzido. Isso significa que está proibida a circulação de um terço dos carros, os mais poluentes, que segundo o ministro da Transição Ecológica, François de Rugy, são responsáveis por dois terços das emissões de fumaça. / Com informações da AFP e EFE.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.