França condena a 20 anos de prisão ex-chefe político do ETA

A França condenou a 20 anos de prisão o ex-chefe político do grupo separatista basco Mikel Albisu, informou uma corte de Paris.

REUTERS

18 de dezembro de 2010 | 10h21

O tribunal também emitiu na sexta-feira a mesma sentença à companheira de Albisu, María Soledad Iparraguirre.

A promotoria tinha pedido 30 anos de prisão para Albisu, de 49 anos, detido na França em 2004.

O tribunal também ordenou a expulsão definitiva dos dois quando tiverem cumprido suas sentenças.

Iparraguirre, de 49 anos, era a responsável pelo aparato financeiro do ETA. Outros oito acusados foram condenados a penas entre um e 17 anos de prisão, em um processo iniciado após o descobrimento na França de contrabandos de armas e explosivos.

(Reportagem de Thierry Lévêque)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAETAPRESO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.