França confirma morte de um dos líderes da Al Qaeda na África

A França confirmou neste sábado "com certeza" que um dos mais temidos líderes da Al Qaeda na África, Abdelhamid Abou Zeid, foi morto no Mali no mês passado em uma ofensiva dirigida pelo país europeu.

Reuters

23 de março de 2013 | 14h22

A morte de Abou Zeid, que arrecadou milhões de dólares sequestrando cidadãos ocidentais, marca um forte golpe ao braço norte-africano da Al Qaeda e a rebeldes islamistas da região.

A morte do líder representou ainda uma grande vitória para a campanha francesa de nove semanas para tirar islamitas ligados à Al Qaeda do norte do Mali.

Isso levanta dúvidas, no entanto, sobre o destino de vários reféns franceses que, acredita-se estarem em poder de rebeldes ligados a Abou Zeid.

"O presidente da República Francesa confirma com certeza a morte de Abdelhamid Abou Zeid após uma ofensiva das tropas francesas", afirmou Paris em nota.

(Reportagem de Lionel Laurent e Elizabeth Pineau)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAALQAEDA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.