Ian Langsdon/Efe
Ian Langsdon/Efe

França diz que intervenção na Síria precisaria ter aval da ONU

Juppé também afirmou duvidar de que a Síria vá responder positivamente a uma proposta de plano de paz da Liga Árabe

REUTERS

18 de novembro de 2011 | 08h47

ANCARA - O ministro de Relações Exteriores da França, Alain Juppé, disse nesta sexta-feira, 18, que se opõe a qualquer intervenção unilateral na Síria e ações desse tipo teriam de ter um mandato da ONU.

Em declarações durante entrevista à imprensa em Ancara, ao lado do chancelr turco, Ahmet Davutoglu, Juppé também afirmou duvidar de que a Síria vá responder positivamente a uma proposta de plano de paz da Liga Árabe.

A França, a Grã-Bretanha e a Alemanha planejam pedir ao comitê de direitos humanos da Assembléia Geral da ONU que aprove uma resolução condenando a violência na Síria, antes de levarem essa proposta a votação na plenária da entidade.

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCASIRIAINTERVENCAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.