França diz que não há decisão sobre presença do Irã em conferência sobre Iraque

A França disse nesta quarta-feira que nenhuma decisão foi tomada sobre se o Irã participará de uma conferência em Paris na semana que vem para discutir como combater militantes do Estado Islâmico, que controlam territórios no Iraque e na Síria.

REUTERS

10 de setembro de 2014 | 09h05

O porta-voz do governo, Stéphane Le Foll, disse que os outros quatro membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU, Grã-Bretanha, China, Rússia e Estados Unidos, teriam representantes.

A França disse anteriormente que gostaria que o Irã comparecesse à conferência, embora representantes iranianos tenham indicado não ver muito sentido em realizar um evento para lidar com o Estado Islâmico na região sem receber algum representante do governo sírio.

“Vamos resolver o problema do Estado Islâmico com todos os participantes. Isso também significa o Irã”, disse um diplomata francês. “Mas há dois sinais vermelhos: não haverá barganhas sobre conversas nucleares e não haverá Assad”, disse sobre o presidente sírio, Bashar al-Assad.

(Por Elizabeth Pineau e John Irish)

Mais conteúdo sobre:
FRANCAESTADOISLAMICOIRA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.