França vai ampliar resposta militar ao Estado Islâmico, diz Hollande

França vai ampliar resposta militar ao Estado Islâmico, diz Hollande

Recentemente, o país começou a lançar ataques aéreos contra militantes no norte do Iraque

REUTERS

01 de outubro de 2014 | 08h44

O presidente francês, François Hollande, disse nesta quarta-feira que a França vai ampliar o seu compromisso militar na luta contra os militantes do grupo Estado Islâmico que tomaram o controle de partes do Iraque.

Em um comunicado divulgado depois que manteve uma reunião sobre o assunto, o gabinete de Hollande disse: "O presidente decidiu reforçar a resposta militar no local".

O comunicado não deu detalhes sobre como o compromisso militar seria expandido.

"A França vai continuar a usar de todos os meios para apoiar a oposição democrática na Síria", acrescentou o comunicado.

A França, depois de bombardeios dos Estados Unidos, recentemente começou também a lançar ataques aéreos contra militantes do Estado Islâmico que tomaram porções do norte do Iraque e têm a sua base na vizinha Síria.

(Reportagem de Brian Amor)

Tudo o que sabemos sobre:
FRANCAESTADOISLAMICO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.