França vende prisão de Avignon para aumentar arrecadação

Como parte dos esforços para aumentar seucaixa, o governo francês colocou à venda uma prisão do século13 localizada em Avignon, no sul do país, e que devetransformar-se em um hotel de luxo. A prisão de 7.000 metros quadrados está sendo vendida sob acondição de que toda ela ou parte seja transformada em um hotelquatro estrelas. Segundo o jornal Le Figaro, os interessados em adquirir apropriedade, que serviu de prisão até 2003, podem oferecer suaspropostas até 23 de janeiro. O jornal afirmou que, nos próximos dois anos, nove prisõesfrancesas podem ser vendidas, gerando milhões de dólares para oMinistério da Justiça. O governo prevê que a venda dos imóveis acrescente 800milhões de euros (1,19 bilhão de dólares) ao Orçamento desteano. "Vamos levantar quase 800 milhões de euros neste ano, ouseja, mais do que nossa meta original de 500 milhões", afirmouo ministro das Contas Públicas do país, Eric Woerth, ementrevista publicada pelo jornal La Tribune, na quinta-feira. O governo francês já levantou 142 milhões de euros (210,3milhões de dólares) ao vender o prédio usado para abrigar oMinistério da Cooperação, disse Woerth. E também colocou à venda um centro de conferências queabrigou o quartel-general dos nazistas na Paris ocupada,durante a Segunda Guerra Mundial. A França viu-se criticada por parceiros da União Européia(UE) por não cumprir suas promessas de equilibrar as contaspúblicas. E há dúvidas sobre se o presidente francês, NicolasSarkozy, conseguirá implantar reformas sem verbas extras parafacilitar esse processo. (Por Anna Willard)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.