Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Francesa acusada de infanticídio está aliviada após prisão, diz advogado

Dominique Cottrez está presa acusada de matar e enterrar oito de seus filhos

estadão.com.br

30 de julho de 2010 | 11h33

PARIS - O advogado da francesa Dominique Cottrez, acusada de matar e enterrar oito de seus filhos ainda bebês, entre 1989 e 2006, disse que sua cliente está aliviada por não carregar o peso dos crimes na sua consciência.

Segundo Frank Berton, sua cliente está cansada e arrasada depois de seu depoimento às autoridades francesas. "Ela não precisa carregar isso com ela. É um tipo de alívio", disse, segundo a BBC.

Dominique deve ser indiciada por homicídio doloso. No depoimento, ela deu à polícia a localização de outros seis corpos de bebês mortos.

Segundo o advogado, ela passará por testes psicológicos para determinar se tem consciência de seus atos.

Na quinta-feira, o promotor que cuida do caso, disse que a suspeita tinha consciência de suas gestações, mas não queria filhos, nem adotar métodos contraceptivos.

O marido dela, Pierre-Marie chegou a ser preso, suspeito de ocultar os cadáveres, mas foi liberado.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançainfanticídioDominique Cottrez

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.